Soluções de contagem de estoque: o que você precisa saber

Uma solução de contagem de estoque pode contribuir muito para o gerenciamento de inventário da sua companhia. Mas antes de você procurar uma solução para fazer a contagem automática do seu estoque, você precisa ficar atento a alguns elementos.

Antes, precisamos de explicar que a contagem de estoque trata-se de conferir e registrar tudo o que há no inventário de determinada empresa ou companhia. É parte fundamental do controle de estoque, e algo que também afeta compras, produção e vendas.

Assim como o inventário, o processo de contagem de estoque varia de empresa para empresa. E apesar do nome, vai além do que apenas gerenciar o estoque, pois qualquer inventário que a companhia precise deve ser registrado, para evitar problemas na cadeia de fornecimento.

Manter a contagem regular do estoque fornece informações que permitem um melhor planejamento. Esse planejamento leva a uma otimização do estoque, o que favorece a receita e os lucros da empresa.

A contagem também identifica e previne possíveis perdas. Saber o que se encontra no armazém ajuda a identificar não apenas quando o estoque já passou do prazo de validade, como também no caso de algo estar faltando.

Em geral, a contagem de estoque traz clareza acerca de toda a sua cadeia de fornecimentos.

Por isso, como escolher uma solução de contagem de estoque que possui a melhor tecnologia para você? Confira neste texto!

Tipos de contagem de estoque

Seja através de uma empresa de contagem de estoque, onde o serviço é terceirizado, ou quando a própria companhia o faz, existem diferentes métodos a serem aplicados. As formas mais comuns incluem:

  • Inventário periódico: método usado quando as companhias estão iniciando o seu controle de inventário, o inventário periódico é a checagem e registro semanal ou mensal. Mas ainda que a contagem seja exata ao final, essas quantidades não serão confiáveis por muito tempo;
  • Contagem de ciclos de estoque: a contagem de ciclos de estoque envolve contar uma porção do inventário a cada dia, para que assim, ao final do mês, todo o inventário tenha sido contado. Essas contagens podem ser usadas para apontar discrepâncias e identificar tendências em danos, encolhimento e deterioração;
  • Contagem ABC: esse método também funciona em ciclos, mas adiciona mais dados. Isso envolve o ranqueamento dos produtos de acordo com sua prioridade, baseando-se no preço e popularidade em vendas.

Os 20% dos itens no topo que são vendidos mais rapidamente são classificados como itens “A”. O 20% menos vendidos são itens “C”, e tudo no meio é classificado como “B”. Os itens “A” são contados com maior frequência, diariamente ou semanalmente, “B” com menor frequência e “C” menos ainda.

Tecnologia na contagem de estoque

Uma solução de contagem de estoque pode ter diferentes tecnologias na hora de prestar esse serviço. São essas tecnologias que tornam o processo muito mais prático e preciso quando comparado à contagem feita a mão.

Alguns dos exemplos de tecnologias e ferramentas que um sistema de contagem de estoque possui fazem uso de:

  • Código de barras/RFID: o uso do código de barras, códigos RFID ou QR é um dos métodos de acompanhar os níveis de estoque e as movimentações feitas. Esse processo automatizado inclui um pouco de trabalho manual, mas automatiza a parte de gerenciamento do controle de estoque;
  • Controle de lote: a atribuição de um ID de lote a cada item em seu inventário permite identificar o lote, facilitando a localização e o rastreamento de itens para obter detalhes como datas de validade, recalls, país de origem, materiais e muito mais. O controle de lote usa o ID para garantir os requisitos regulatórios – envio de itens separadamente que não podem ser combinados, identificação de materiais perigosos, controle da venda para clientes licenciados e muito mais;
  • Software de planejamento de recursos empresariais (ERP): é possível acompanhar as movimentações no seu inventário usando um software de ERP. Além de serem ferramentas automatizadas, elas realizam contagem em ciclos regularmente, usando os dados para produzir informações acerca dos processos presentes no inventário. Além disso, os dados do inventário estão sempre atualizados e disponíveis para toda a organização, garantindo que todas as partes na cadeia de fornecimento estejam a par das informações.
  • Sistemas integrados de pagamento e registro: um sistema de controle de estoque integrado com os pagamentos pode ser muito eficiente. À medida que os produtos são vendidos, eles também são removidos do inventário, com a informação sendo atualizada por todos os sistemas que fazem uso dos dados de inventário.
  • Processamento de imagens: há ainda tecnologias, como o Pix Counter, que são capazes de realizar contagens em grande escala, fazendo uso do processamento de imagens. É uma contagem precisa e rápida, que fornece as informações necessárias ao gerenciamento e checagem de estoques, exibindo a quantidade de itens em tempo real.

Conclusão

Talvez a sua empresa já realize contagem de estoque, mas de forma irregular. Ou pode ser que sua companhia esteja expandindo, e o seu método de contagem não é mais o suficiente. Por isso, a eficiência da contagem automática de estoque através da inteligência artificial pode trazer mais economia e muita eficiência para sua empresa.

Seja qual for o motivo, usar tecnologias ou novos métodos na contagem de estoque, realizando contagens regulares e pré-determinadas, é algo essencial para o sucesso nos negócios e aumento dos lucros. Por isso, a Pix Force pode te ajudar, oferecendo um produto que, com menos de 1 minuto, é capaz de fazer a contagem eficiente de produtos da sua empresa.

A Pix Force tem o que você busca, com o Pix Counter sendo a solução para uma contagem de estoque em tempo real, rápida e precisa. Se você quer uma empresa de contagem de estoque, então, entre em contato conosco!

 

Compartilhe este artigo:

Artigos Relacionados