Case DeepLine: Conheça o sistema de captura inteligente

Você já ouviu falar de sistema de captura inteligente? Para te explicar o que seria isso é preciso pensar na quantidade de dados que circulam pelo mundo diariamente.

E não estamos falando apenas de dados digitais na internet, mas também aquelas informações que estão no “mundo real”. Documentos que entram em empresas, trajetos, cargas e outras informações podem ser registradas de forma inteligente, diminuindo o trabalho manual.

O DeepLine é um sistema desenvolvido pela Pix Force. A partir de sensores, consegue fazer todo esse trabalho e é sobre isso que falamos neste artigo.

Boa leitura!

O que é o DeepLine?

O DeepLine é um sistema de captura desenvolvido para coletar dados de ambientes urbanos e estradas. Ele é montado sobre um carro e consiste no uso de diversos sensores. São eles um LiDAR, câmera 360º, câmera estéreo e módulo GNSS, todos integrados em um único dispositivo.

Cada sensor tem uma função importante para o processo, sendo elas:

  1. LiDAR: o sensor óptico mede a distância de objetos a partir de pulsos de laser e cria um mapa 3D do ambiente ao redor do veículo.
  2. Câmera 360º: capta imagens panorâmicas do ambiente.
  3. Câmera estéreo: captura imagens em 3D, permitindo a detecção de objetos e a distância entre eles.
  4. Módulo GNSS: obtém informações de localização, permitindo que as capturas sejam georreferenciadas e precisas.

A partir dessas informações, um aplicativo móvel se comunica com o dispositivo instalado no carro e permite que os usuários executem tarefas. É possível personalizar configurações, visualizar as imagens em tempo real, acompanhar o estado de funcionamento dos sensores e controlar as sessões de captura.

Para quê serve o sistema DeepLine?

O DeepLine é muito útil para empresas de energia elétrica, que precisam monitorar a rede de distribuição de energia. Ele permite identificar postes, linhas de energia, transformadores e outros equipamentos. Além de detectar falhas e danos que podem gerar custos maiores e muita dor de cabeça.

Tudo isso é feito a partir do sistema de captura inteligente, que coleta os dados e faz uma análise mais detalhada. O sistema pode, ainda, ser usado para coletar dados sobre a vegetação e auxiliar na priorização de podas.

O sensor de maior destaque do DeepLine é o LiDAR, capaz de medir com precisão a distância de objeto e obstáculos no ambiente urbano. O sistema pode ser utilizado para medir a altura de postes e árvores, bem como a largura de ruas e estradas.

Além disso, o LiDAR detecta e mensura a profundidade de buracos nas ruas e outras irregularidades, ajudando as autoridades a planejar reparos e manutenção.

A capacidade de medição do LiDAR é uma das principais características do sistema DeepLine. Isso o torna uma ferramenta valiosa para várias aplicações, desde planejamento urbano até monitoramento ambiental.

As vantagens de um sistema de captura inteligente

Com todas essas ferramentas, torna-se possível colher uma quantidade imensurável de dados. O DeepLine torna-se, então, uma fonte de alimentação para softwares de inteligência artificial.

Com ajuda de algoritmos de machine learning, fica possível identificar e qualificar qualquer objeto de interesse de forma automatizada. Assim, o DeepLine é um sistema de captura inteligente completo e integrado que usa várias tecnologias para coletar dados precisos do ambiente urbano.

Além disso, é um sistema altamente útil para empresas de segmentos como energia elétrica, autoridades de trânsito ou outros setores que necessitam monitorar e coletar informações sobre o perímetro urbano.

O que o DeepLine já gerou?

Segundo alguns estudos preliminares, o DeepLine já gerou cerca de 2TB de dados, que serão usados como conjunto de treinamento para redes neurais, visando automatizar tarefas importantes.

Além disso, o sistema de inteligência artificial que está sendo desenvolvido pela Pix Force vai conseguir identificar com maior precisão postes, fios, árvores e outros objetos importantes em imagens.

Saiba mais sobre a Pix Force e nossos trabalhos acessando o site.

Compartilhe este artigo:

Artigos Relacionados